DXC Technology lança solução de gestão e resposta a incidentes corporativos

Santander e Nordex Group implementam solução que ajuda a prevenir crises.

Fleed

  • Santander e Nordex Group implementam solução DXC Technology que ajuda a prevenir crises
auto auto

 

A DXC Technology, multinacional tecnológica presente em Portugal, lançou uma nova aplicação de resposta a Incidentes corporativos, permitindo às organizações, de uma forma rápida e proativa, identificar, endereçar e gerir situações relacionadas com instalações, segurança física, ambiente e saúde. A aplicação, construída sobre a plataforma ServiceNow, fornece aos negócios a capacidade de reduzir os seus perfis de risco e superar problemas externos às áreas de TI antes destes evoluírem para crises envolvendo toda a empresa. 

O Banco Santander, um dos maiores bancos comerciais e de retalho do mundo, e o Nordex Group, um dos maiores produtores mundiais de turbinas de vento, estão já a utilizar esta solução para melhorar a gestão de sistemas e reforçar a proteção dos trabalhadores, respetivamente.

A solução da DXC Technology está a ser disponibilizada gratuitamente durante 120 dias, para que as empresas complementem e reforcem os recursos que têm no combate à COVID-19 no âmbito da iniciativa ServiceNow Emergency Response Management. Em tempos complexos como os atuais, a solução CIR (Corporate Incident Response) permite ainda reduzir custos, racionalizar o cenário global de aplicações e padronizar processos.

"No mundo de hoje, a disrupção dos negócios é inevitável. Embora a resiliência operacional já exista há anos, as empresas precisam de uma mudança de mentalidades, de forma a prevenir, responder e aprender com as crises, adquirindo capacidade de adaptação após a sua ocorrência. A aplicação Corporate Incident Response da DXC, integrada no ServiceNow, permite uma gestão integrada do risco e a gestão dos fluxos de trabalho, de forma a que as organizações possam ter capacidade de gerir as crises e recuperar", refere Dan Stoks, vice-presidente da Global ServiceNow Practice, DXC Technology. 

Entre as principais características da solução estão: as salas de situação, que fornecem um ponto central de colaboração para organizações que estão dispersas, de forma a organizar equipas e planos de resposta, monitorizar e avaliar a situação global; notificações de aplicações, que  fornecem a capacidade de enviar notificações em toda a empresa, como alertas, notificações push, email e SMS para grupos predefinidos, bem como parceiros e clientes externos; e visão a 360º, que dá à equipa de gestão uma visão total da organização e de todos os incidentes, para poder tomar decisões baseadas em factos reais, reduzindo o seu perfil de risco.

"A gestão de riscos operacionais é uma parte crucial da forma como o ServiceNow dá aos nossos clientes a resiliência, tanto para operações de TI quanto para não-TI. A resposta corporativa a incidentes da DXC Technology exemplifica as apps inovadoras que ampliam o valor da plataforma Now e o nosso portfólio de risco e de continuidade de negócios, para responder a casos de uso críticos e emergentes para clientes em toda a empresa", explica David Parsons, vice-presidente sénior de alianças globais e ecossistema de canais da ServiceNow.

Banco Santander otimiza Sistemas de Gestão de Risco com a solução CIR da DXC

O Banco Santander necessitava de uma plataforma única para gerir os seus processos globais de instalações e segurança e de substituir o sistema anterior por uma nova plataforma digitalizada. Ao utilizar a aplicação CIR da DXC, integrada no ServiceNow, o Santander otimizou os seus processos com sistemas de elevado desempenho nas instalações, segurança e gestão de crise e melhorou a experiência de utilização para os seus gestores e utilizadores finais. Adicionalmente, beneficiou de melhores conhecimentos e transparência acrescida nos seus serviços globais de instalações e segurança. 

“A consolidação de capacidades de gestão de instalações existentes e novas numa nova plataforma era uma parte essencial do nosso processo de transformação digital”, afirma Galo Gilarranz Vicente, Real Estate, General Services and Security do Banco Santander. “A aplicação CIR da DXC permitiu-nos reduzir custos ao racionalizar o cenário global de aplicações, padronizar os nossos processos e aumentar a eficiência dos nossos colaboradores com automatização.”

Nordex Group reforça segurança dos trabalhadores com aplicação HDE da DXC

O Nordex Group implementou a solução da DXC dedicada à Gestão Ambiental, Saúde e Segurança (HSE) integrada na ServiceNow, e que faz parte do portefólio de CIR da EXC, para implementar uma cultura norteada pela segurança em toda a sua operação global. Com a solução DXC, o Nordex Group obteve um processo otimizado para reduzir os riscos para os trabalhadores e evitar incidentes antes que estes aconteçam. 

“A Nordex está comprometida com a segurança dos seus colaboradores, ao implementar processos adequados para prevenir e responder rapidamente a incidentes laborais,” afirma Philipp Marten, program manager, Business Systems, do Nordex Group. “Com a solução HSE da DXC, conseguimos reduzir a complexidade do nosso sistema, otimizar os reportes e criar um ambiente de trabalho seguro em toda a nossa operação global.” 

 

 

A DXC Technology, multinacional tecnológica presente em Portugal, lançou uma nova aplicação de resposta a Incidentes corporativos, permitindo às organizações, de uma forma rápida e proativa, identificar, endereçar e gerir situações relacionadas com instalações, segurança física, ambiente e saúde. A aplicação, construída sobre a plataforma ServiceNow, fornece aos negócios a capacidade de reduzir os seus perfis de risco e superar problemas externos às áreas de TI antes destes evoluírem para crises envolvendo toda a empresa. 

O Banco Santander, um dos maiores bancos comerciais e de retalho do mundo, e o Nordex Group, um dos maiores produtores mundiais de turbinas de vento, estão já a utilizar esta solução para melhorar a gestão de sistemas e reforçar a proteção dos trabalhadores, respetivamente.

A solução da DXC Technology está a ser disponibilizada gratuitamente durante 120 dias, para que as empresas complementem e reforcem os recursos que têm no combate à COVID-19 no âmbito da iniciativa ServiceNow Emergency Response Management. Em tempos complexos como os atuais, a solução CIR (Corporate Incident Response) permite ainda reduzir custos, racionalizar o cenário global de aplicações e padronizar processos.

"No mundo de hoje, a disrupção dos negócios é inevitável. Embora a resiliência operacional já exista há anos, as empresas precisam de uma mudança de mentalidades, de forma a prevenir, responder e aprender com as crises, adquirindo capacidade de adaptação após a sua ocorrência. A aplicação Corporate Incident Response da DXC, integrada no ServiceNow, permite uma gestão integrada do risco e a gestão dos fluxos de trabalho, de forma a que as organizações possam ter capacidade de gerir as crises e recuperar", refere Dan Stoks, vice-presidente da Global ServiceNow Practice, DXC Technology. 

Entre as principais características da solução estão: as salas de situação, que fornecem um ponto central de colaboração para organizações que estão dispersas, de forma a organizar equipas e planos de resposta, monitorizar e avaliar a situação global; notificações de aplicações, que  fornecem a capacidade de enviar notificações em toda a empresa, como alertas, notificações push, email e SMS para grupos predefinidos, bem como parceiros e clientes externos; e visão a 360º, que dá à equipa de gestão uma visão total da organização e de todos os incidentes, para poder tomar decisões baseadas em factos reais, reduzindo o seu perfil de risco.

"A gestão de riscos operacionais é uma parte crucial da forma como o ServiceNow dá aos nossos clientes a resiliência, tanto para operações de TI quanto para não-TI. A resposta corporativa a incidentes da DXC Technology exemplifica as apps inovadoras que ampliam o valor da plataforma Now e o nosso portfólio de risco e de continuidade de negócios, para responder a casos de uso críticos e emergentes para clientes em toda a empresa", explica David Parsons, vice-presidente sénior de alianças globais e ecossistema de canais da ServiceNow.

Banco Santander otimiza Sistemas de Gestão de Risco com a solução CIR da DXC

O Banco Santander necessitava de uma plataforma única para gerir os seus processos globais de instalações e segurança e de substituir o sistema anterior por uma nova plataforma digitalizada. Ao utilizar a aplicação CIR da DXC, integrada no ServiceNow, o Santander otimizou os seus processos com sistemas de elevado desempenho nas instalações, segurança e gestão de crise e melhorou a experiência de utilização para os seus gestores e utilizadores finais. Adicionalmente, beneficiou de melhores conhecimentos e transparência acrescida nos seus serviços globais de instalações e segurança. 

“A consolidação de capacidades de gestão de instalações existentes e novas numa nova plataforma era uma parte essencial do nosso processo de transformação digital”, afirma Galo Gilarranz Vicente, Real Estate, General Services and Security do Banco Santander. “A aplicação CIR da DXC permitiu-nos reduzir custos ao racionalizar o cenário global de aplicações, padronizar os nossos processos e aumentar a eficiência dos nossos colaboradores com automatização.”

Nordex Group reforça segurança dos trabalhadores com aplicação HDE da DXC

O Nordex Group implementou a solução da DXC dedicada à Gestão Ambiental, Saúde e Segurança (HSE) integrada na ServiceNow, e que faz parte do portefólio de CIR da EXC, para implementar uma cultura norteada pela segurança em toda a sua operação global. Com a solução DXC, o Nordex Group obteve um processo otimizado para reduzir os riscos para os trabalhadores e evitar incidentes antes que estes aconteçam. 

“A Nordex está comprometida com a segurança dos seus colaboradores, ao implementar processos adequados para prevenir e responder rapidamente a incidentes laborais,” afirma Philipp Marten, program manager, Business Systems, do Nordex Group. “Com a solução HSE da DXC, conseguimos reduzir a complexidade do nosso sistema, otimizar os reportes e criar um ambiente de trabalho seguro em toda a nossa operação global.” 

 

Mais sobre o tema